quinta, 26 abril 2018

Informe sobre o seminário

  • Categoria: noticias
  • Publicado em 11-05-2016
  • Visitas: 1085

Informe sobre o seminário

Em preparação do primeiro ciclo de avaliação de cursos e programas de ensino superior e no cumprimento de sua missão de promover a melhoria da qualidade do ensino superior, o Conselho Nacional de Avaliação de Qualidade (CNAQ) irá realizar uma ronda de seminários regionais na zona sul em Maputo, nos dias 16,17, 18 de Maio de 2016; zona centro, na Beira; zona norte Nampula, nos dias 23, 24 e 25 de Maio de 2016.

 

Esta ronda de seminários tem como objectivos:

  1.  Assegurar o envolvimento directo dos responsáveis da qualidade nas unidades orgânicas das IES existentes no País (sedes, delegações, escolas, polos);
  2.  Assegurar que todas as unidades internas sigam os procedimentos essenciais para auto-avaliação de cursos/programas e avaliação institucional de acordo com as ferramentas e metodologias revistas;
  3.  Assegurar que todas as instituições usem os mesmos instrumentos de auto-avaliação da qualidade, incluindo a plataforma nos módulos de cadastro das instituições do ensino superior (IES) e de auto-avaliação;
  4.  Apresentar a plataforma electrónica de cadastro e modulo de auto-avaliação e assegurar a sua utilização plena pelas IES;
  5.  Assegurar a divulgação e disseminação do SINAQES assim como os papéis do CNAQ, das IES, das ordens sócio profissionais e dos empregadores;
  6.  Realizar a divulgação do draft do plano estratégico do CNAQ, colhendo contribuições para a melhoria e redacção do documento final;
  7.  Divulgar o cronograma da realização das actividades ligadas à auto-avaliação incluindo a entrega dos respectivos relatórios ao CNAQ para a preparação da fase da avaliação externa;
  8.  Realizar uma missão de monitoria a implantação do Sistema Nacional de Avaliação, Acreditação e Garantia de Qualidade do Ensino Superior (SINAQES)

Estes seminários contarão com a facilitação de consultores e especialistas internas do CNAQ, incluindo membros do conselho directivo. Os técnicos irão igualmente intervir nas questões relativas à comunicação com as IES, acompanhamento dos procedimentos de criação de unidades de auto-avaliação, programação das actividades de assistência técnica caso as IES solicitem, monitoria dos processos de auto-avaliação e de entrega de relatórios.

Sondagem

O que acha da qualidade de ensino do pais?

Boletim Informativo

Visitantes

281834
HojeHoje50
Esta SemanaEsta Semana171
SempreSempre281834